Política

Com maioria de MS a favor, votação do texto-base da Previdência começa às 8h

Deputados no plenário da Câmara Federal (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

Está marcado para começar às 8h (horário de MS) desta quarta-feira (10) a votação em primeiro turno do texto-base da Reforma da Previdência, na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). Dos oito parlamentares sul-mato-grossenses na Casa, apenas dois deles são contra a proposta – estes mesmos que ontem (9) tentaram prorrogar a discussão da questão em plenário, sem êxito.

Por 353 votos a 118, foi aprovado o encerramento da fase de discussão da reforma. Dos deputados de Mato Grosso do Sul, apenas Vander Loubet (PT) e Dagoberto Nogueira (PDT) foram contra o encerramento. Beto Pereira (PSDB), Loester Trutis (PSL), Luiz Ovando (PSL), Fábio Trad (PSD), Rose Modesto (PSDB) e Tereza Cristina (DEM) votaram pelo fim da discussão.

Tereza, que estava no Paraguai com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), assumiu o cargo de deputada federal no mesmo dia em que retornou da viagem e também foi exonerada do Ministério da Agricultura, participando do debate. Além do voto favorável, ela participa das articulações do Governo Federal para angariar os votos necessários para a aprovação da questão.

A votação registrada na noite de ontem deve se repetir, ao menos entre os parlamentares de Mato Grosso do Sul, na análise do texto-base da reforma. Depois de analisado o projeto básico, passam a ser votados os destaques, em que assuntos como regras diferentes para professores e policiais, por exemplo, sejam analisadas pelos parlamentares.

Depois de aprovada em primeiro turno, a Reforma irá para segunda votação. A intenção é que ela esteja pronta até sexta-feira (12). A partir daí, a proposta parte para análise do Senado, onde o projeto pode sofrer modificações ou ser aprovada integralmente como chegou. São necessários no mínimo 308 votos nas duas votações para que o projeto seja aprovado na Câmara Federal.

Comentários