Polícia

Índios voltam a ameaçar invadir sítios em área de conflito

Ao fundo da imagem, indígenas se embrenhando em meio a mata por uma das propriedades da reserva. (Foto: Direto das Ruas)

Índios voltaram a ameaçar invadir sítios nos arredores da reserva de Dourados, cidade a 233 quilômetros de Campo Grande. Nesta terça-feira (16), armados com flechas, facões e foices, cerca de 70 indígenas já teriam expulsado moradores de uma área, inclusive seguranças e ameaçado a atear fogo no local.

Contudo, a Policia Militar foi acionada e conteve o avanço do grupo sobre as terras dos sitiantes.Há informações de que os indíos até teriam atirado contra os agentes.

Segunda-feira (15), aproximadamente trinta indígenas também foram até outra propriedade, que fica à margem da Avenida Guaicurus e teriam ameaçado moradores, seguranças e dito que iriam tomar a casa do local.

Conforme o boletim de ocorrência sobre o caso, registrado pelo dono da propriedade, de 30 anos, na última sexta-feira (12) ele já teria encontrado quatro barracos montados na área de sua propriedade e os derrubou.

Tensão – Em março deste ano, os indígenas também teriam atacado um proprietário rural que fazia a colheita de soja em um sítio localizado entre o anel viário e a reserva indígena. Eles estavam armados com flechas e coquetel molotov.

Mas a tensão entres sitiantes e índios, data desde 2016 quando moradores da reserva e grupos indígenas de aldeias da região romperam anos de paz com os vizinhos e invadiram sete pequenas propriedades rurais. Cinco sítios estão invadidos até hoje.

Comentários