Polícia

Membro do PCC é preso após participação em sequestro em Dourados

Homem teria envolvimento em vários homicídios em Dourados e teria participado do “tribunal do crime” da jovem que seria morta

O SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil de Dourados prendeu, na terça-feira (13), um homem considerado de alta periculosidade que possuía mandado de prisão em aberto e que seria um dos responsáveis pelo sequestro de uma jovem de 19 anos na semana passada, em Dourados.

De acordo com o delegado do SIG, Rodolfo Daltro, o acusado seria membro de uma facção criminosa que age dentro e fora dos presídios e também é investigado por vários homicídios no município. O homem foi preso em uma residência no Bairro Cachoeirinha.

A prisão se deu após as investigações sobre o sequestro da jovem que teria passado pelo “Tribunal do Crime” e seria morta no final de semana. A vítima foi capturada na quinta-feira e levada para uma residência já preparada pela facção. No dia seguinte, ela foi encaminhada a outra casa onde, em atuação conjunta do SIG e Defron (Departamento de Fronteiras), foi libertada, momentos antes da execução. Nesta ação foram presas três pessoas, sendo a proprietária da casa onde a jovem encontrava em cárcere, um homem que atuava como vigia no local e a pessoa que realizou o sequestro.

Ainda segundo Daltro, as investigações seguiram e na terça-feira (13) foi identificado o primeiro cativeiro da jovem, também no Cachoeirinha. “O local foi todo preparado previamente para abrigar a jovem, sendo colocados tapumes em um cômodo para isolar sons e um colchão no chão”, afirmou o delegado. No mesmo dia, outros quatro participantes do sequestro foram identificados. Um deles o membro da facção citado acima. Os envolvidos foram indiciados pela prática do sequestro e também tortura.

Comentários