Polícia

Idosa é presa por chamar funcionário da Águas Guariroba de “negro tição”

Dois funcionários receberam ordem de serviço e foram até casa de consumidora, que ficou nervosa e os insultou. (Foto Ilustrativa: Reprodução/Águas Guariroba)

Uma idosa de 61 anos foi presa nesta quarta-feira (4) por injúria racial após chamar um funcionário da Águas Guariroba de ‘negro tição’ em Campo Grande. A confusão teria acontecido quando dois funcionários da empresa foram verificar um caso de fraude no hidrômetro da casa da cliente, no bairro Vila Marli. Após o caso, a concessionária emitiu uma nota de repúdio pela atitude da consumidora.

Conforme informações da política, os funcionários foram até a casa da cliente por volta das 11h30. A moradora disse aos policiais que a confusão aconteceu porque os funcionários não quiseram se identificar antes de verificar o hidrômetro de sua casa. Entretanto, os trabalhadores estavam devidamente uniformizados e usavam crachá.

Um dos trabalhadores, de 40 anos, foi chamado de ‘negro tição’ por diversas vezes e ainda teria sido empurrado pela consumidora. O funcionário gravou os xingamentos e apresentou à polícia na 2ª DP (Delegacia de Polícia). A moradora foi presa em flagrante e o delegado estipulou uma fiança no valor de um salário mínimo.

Na manhã desta quinta-feira (5), a Água Guariroba manifestou uma nota de repúdio contra a atitude da moradora. “O trabalhador está recebendo da empresa todo o suporte jurídico e psicológico. Sob nenhuma justificativa, qualquer conduta discriminatória será tolerada pela companhia”.

Comentários