Saúde

Mandetta visita Dourados e anuncia investimento de R$ 26,7 milhões para Saúde em MS

Foto: Renato Giansante

O Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta esteve em Dourados, 225 km de Campo Grande, e durante sua visita anunciou investimento de R$ 26,7 milhões para os hospitais, compra de equipamentos hospitalares e atenção primária na saúde. O dinheiro será destinado para 35 cidades do Sul de MS.

Na reunião que acontece na Prefeitura Municipal de Dourados, o ministro se encontrou com prefeitos de todas as cidades da região, os deputados Barbosinha (DEM), Zé Teixeira (DEM), Marçal Filho (PSDB) e Neno Razuk (PTB), além do secretário da SES (Secretaria Estadual de Saúde), Geraldo Resende e o vice-governador Murilo Zauith (DEM).

Do total do recurso, R$ 13,3 milhões serão destinados para ampliar o valor repassado pelo Ministério da Saúde pelo Limite Financeiro de Média e Alta Complexidade (Teto MAC) para 14 municípios, sendo eles: Dourados, Caarapó, Japorã, Iguatemi, Batayporã, Tacuru, Taquarussu, Deodápolis, Vicentina, Antônio João, Douradina, Angélica, Rio Brilhante e Nova Andradina.

Por meio deste recurso, os estados e municípios custeiam sérvios como consultas, exames, diagnósticos, tratamentos clínicos e cirúrgicos, reabilitações, acompanhamento pré e pós-operatório, UTI, transplantes, tratamento de doenças raras, obesidade, ortopedia, neurologia, queimados, cardiovascular, entre outros.

Entre as portarias assinadas pelo ministro está a ampliação de recursos para atendimento específico aos povos indígenas. Na cidade de Antônio João, estão localizadas as aldeias Campestre e Cerro Marangatu da etnia Guarani Kaiowa, onde vivem 829 índios.

Comentários