Polícia

Jovens param para arrumar carro, e acham corpo de mulher pendurado em arvore

Mirian Machado

Uma mulher de 47 anos identificada como Maria Cláudia Silva Flores Soares foi encontrada morta pendurada em uma árvore com lençol amarrado no pescoço, por volta das 4h30 desta sexta-feira (19), no Km 347,3 da BR-262, entre as saídas para Sidrolândia e São Paulo, em Campo Grande. O carro dela, um Chevrolet Corsa prata, foi localizado às margens da rodovia, ao lado do corpo.

Um grupo de jovens que passava pelo local avistou o automóvel estacionado e ao chegar perto encontrou o corpo da mulher pendurado. Assustados com a cena, os rapazes não se aproximaram e acionaram a polícia e o Corpo de Bombeiros. O auxiliar de produção Pablo Gabriel da Silva, 19 anos, contou que saiu do Indubrasil e seguia para Dourados com mais três amigos, quando o rolamento do carro deles estourou próximo ao Celta. Até então eles não haviam avistado a mulher e pensaram que o carro estava estacionado na entrada de alguma fazenda.

Eles só encontraram o corpo após uma testemunha parar no acostamento e iluminar o local com uma lanterna. “O bombeiro falou que a mulher havia consumido vinho, remédio e cortado os pulsos”, disse Pablo. Maria Cláudia vestia calça jeans e blusa preta.

Equipes da Perícia Técnica e da Polícia Civil encontraram uma garrafa de vinho fechada e quebrada. O delegado Christian Duarte Mollinedo disse que os primeiros levantamentos apontam para suicídio, porém o caso será registrado como morte a esclarecer. Uma grande quantidade de remédio controlado foi encontrada dentro do carro.

Comentários