Saúde

Em 2019, é notificado um caso de dengue a cada 6 minutos, aponta secretaria de Saúde

Foto: Divulgação

Em um período de 120 dias, entre 1º de janeiro e 30 de abril, a secretaria de Saúde de Campo Grande (Sesau) notificou 27.417 casos de dengue. A média é de 228,4 casos por dia; 9,5 por hora e um registro a aproximadamente cada 6 minutos.

Os dados são do mais recente boletim epidemiológico divulgado pela Sesau. Do total de notificações, foram confirmados como casos da doença, 4.729.

O número de notificações desta parcial de quatro meses de 2019, já é maior do que o total registrado nos anos de 2018 (2.616 notificações) e 2017 (3.190). Se aproxima ainda da quantidade que foi registrada em todos os 12 meses de 2016 (28.469).

As informações da Sesau apontam ainda que desde 2016 não haviam sido registrados na capital sul-mato-grossense casos graves de dengue e mortes provocadas pela doença.

Entre janeiro e abril de 2019 já foram notificados 11 casos graves e 7 mortes na cidade.

O boletim ressalta ainda que neste primeiro quadrimestre do ano, o pico da doença ocorreu no mês de março, com 9.721 notificações, seguido por abril, com 8.396.

Por conta da epidemia da doença, a prefeitura de Campo Grande decretou situação de emergência no dia 8 de março. A medida, vale por 180 dias e possibilita que durante esse período o município compre bens necessários ao atendimento à população e combate ao mosquito Aedes aegypti, além de contratar serviços, sem a necessidade de licitação.

Comentários