Polícia

PF faz operação para desarmar grupos indígenas em MS

Divulgação

A Polícia Federal em Mato Grosso do Sul deflagrou nesta terça-feira (21) a operação Paz no Campo, com o objetivo de desarmar dois grupos indígenas rivais que disputam o comando da aldeia Alves de Barros, localizada no município de Porto Murtinho. São 30 agentes cumprindo três mandados de busca e apreensão, expedidos pela 5ª Vara Federal de Campo Grande, em Porto Murtinho e em Bodoquena.

O trabalho investigativo teve início em maio de 2018 a partir de informações recebidas e repassadas pelo Ministério Público Federal (MPF) à Superintendência da Polícia Federal do Mato Grosso do Sul, a qual realizou investigação e identificou a existência dos grupos beligerantes e de suas lideranças, sendo constatada a possibilidade de conflito e vítimas decorrentes de atos de violência, inclusive com o uso de armas de fogo.

A operação foi batizada de “Paz no Campo” em alusão ao seu objetivo, que é pacificar a Aldeia Alves de Barros.

Os materiais apreendidos e eventuais presos em flagrante serão conduzidos à sede da Polícia Federal, em Campo Grande, onde ficarão à disposição da Justiça Federal.

Comentários