Polícia

Blogueira diz ter sido estuprada dentro de clube de luxo em Florianópolis

Foto: Reprodução/Redes Sociais

A blogueira Mariana Ferrer afirma ter sido estuprada dentro da casa noturna Cafe da la Musique de Florianópolis no final do ano passado. Ela utilizou seu Instagram para quebrar o silêncio e denunciar o caso. Apesar do suposto crime ter acontecido em 15 de dezembro de 2018, só veio à tona na última sexta-feira (17), quando a moça decidiu se pronunciar. A jovem reclama que o fato do inquérito estar correndo em segredo “só protege o estuprador”.

No relato, a influenciadora conta que foi contratada para ser embaixadora do local e aceitou por pensar “se tratar de um lugar idôneo”. Ela explica que não teve contato com o agressor enquanto estava lúcida, mas foi drogada e levada para uma área privativa do endereço, onde o abuso teria ocorrido.


A catarinense diz ainda que, após conseguir chegar em casa, foi amparada pela mãe. “Minha mãe, ao ver meu estado, tirou minhas roupas e se deparou com a pior cena da vida dela, minhas roupas estavam cheias de sangue e odor forte de esperma”, resume.

Mariana realizou o exame de corpo de delito, mas o resultado foi diferente do que esperava. Segundo o laudo postado pela própria, não há vestígios de que o ato tenha sido violento. Ela contesta, já que foi constatada a perda da sua virgindade no momento. “Eu, em sã consciência, jamais ia querer perder minha virgindade com um estranho num beach club”, desabafa.

Comentários