Polícia

Indígena morto após ser espancado é identificado pela família

Dourados News

Os familiares do indígena morto a pauladas na aldeia Bororó, em Dourados, identificaram a vítima. O corpo era de Felismar Benitez Ortiz, de 28 anos.

Ele foi assassinado com golpes de madeira no rosto e na cabeça, provavelmente na noite de sábado (1).

Populares encontraram o corpo boiando às margens de lago, que fica aos fundos da reserva, na manhã de domingo. Inicialmente a polícia foi acionada por afogamento, mas no local descobriu-se que se tratava de assassinato.

Felismar apresentava ferimentos no rosto e na cabeça. Próximo ao local onde o corpo foi achado, peritos encontraram pedaços de madeira com vestígios de sangue. Testemunhas relataram que viram a vítima com outras pessoas próxima ao lago ingerindo bebida alcoólica.

Até o momento nenhum suspeito foi identificado. A polícia segue investigando o caso.

Comentários