Polícia

Bolivianos são presos com carros adulterados no MS

Três bolivianos foram presos em flagrante na manhã desta quarta-feira (27) ao serem abordados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em dois carros de luxo adulteradas e com placas de seu país natal.

O caso aconteceu durante de rotina no km 780 da BR-262, em Corumbá.

Segundo os agentes, a história contada pelos andinos não condizia bem com o que fora encontrado durante a fiscalização. Os sinais de adulteração eram evidentes.

O primeiro flagrante aconteceu em uma Toyota Hilux. Dentro do carro, modelo 2019, cujo preço oficial de tabela pode chegar a cerca de R$ 112 mil, estavam dois acusados, de 43 e 19 anos.

Sem titubear, ambos confessaram que sabiam se tratar de um veículo frio, como se diz na gíria policial, e que compraram a caminhonete em Puerto Quijaro, cidade boliviana que faz divisa com Corumbá, pela bagatela de US$ 8 mil (pouco mais de R$ 31,6 mil). Ou seja, por um valor quase quatro vezes menor que o encontrado no mercado.

A dupla não foi a única. Junto com eles fora abordado um Toyota Corolla, modelo 2.0, cujo modelo zero é vendido a pouco mais de R$ 111 mil. Na direção outro boliviano, de 35, que assim como os amigos afirmou ter comprado o veículo no mesmo local, por R$ 25 mil.

A pechincha, contudo, saiu caro. Ambos foram detidos e levados à delegacia corumbaense de plantão da Polícia Civil, onde foram indiciados. Os veículos, apreendidos, podem ter sido furtados ou roubados no Brasil, segundo a suspeita inicial dos investigadores.

Comentários