Polícia

Fórum pode fechar por conta da violência na fronteira e Força Nacional seria solução

Foto: Agência Brasil

Por conta da violência, o Fórum ameaça fechar as portas na cidade de Coronel Sapucaia, a 380 quilômetros de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai. No entanto, a Força Nacional pode enviar agentes para fortalecer a segurança na região e garantir as atividades do Poder Judiciário.

Na quarta-feira, o deputado estadual Coronel David (PSL) expôs o grave problema ao Ministro-Chefe da Secretaria de Governo em Brasília (DF), General Santos Cruz, e pediu que a União enviasse tropas para combate ao crime organizado na linha internacional.

“Trouxe à Brasília diversas demandas importantes, entre elas um encaminhamento à Secretaria de Governo sobre a disponibilidade da Força Nacional atuar em Coronel Sapucaia, fortalecendo assim a segurança na região e impedindo que o Poder Judiciário local feche as portas”, pontuou David.

No dia 17 de maio, autoridades participaram de uma reunião com o desembargador Paschoal Carmello Leandro, do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), para discutir a respeito do fechamento do Fórum do município, por conta do risco à vida dos servidores e da população em geral.

“Nossa decisão de desativar a comarca, pelo menos temporariamente, é justamente em razão da falta de segurança. É uma fronteira bastante perigosa e nós precisamos a compreensão de nossas autoridades para garantir segurança aos funcionários do Fórum e a toda população de Coronel Sapucaia”, afirmou Carmello naquela oportunidade.

Comentários