Polícia

Número de acidentes graves nas BRs de MS aumenta 500%

Foto: Divulgação

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) encerrou às 23h59 deste domingo, 23 de junho, a Operação Corpus Christi 2019, que teve inicio na última quarta-feira, 19. A ação foi realizada em todas as rodovias federais do Estado, contemplando mais de 3.652 quilômetros de malha viária.

A PRF fiscalizou 5.330 veículos e 5.699 pessoas nas BRs durante os cinco dias de Operação.

Acidentes

Durante a Operação foram registrados 24 acidentes, seis deles graves, aumentando em 500% em relação com a quantidade de casos registrados no mesmo período do ano passado.

Ao todo, 48 pessoas ficaram feridas e 1 óbito foi registrado. Dois acidentes se destacaram pela sua gravidade.

Um acidente com óbito ocorreu às 19h, no km 521 da BR-060, em Nioaque. Um homem, de 50 anos, faleceu ao colidir sua caminhonete MMC/L200 em um animal anta de tamanho bastante elevado. No veículo também estava seu filho, de 19 anos, que saiu ileso. Os dois eram residentes em Maracaju.

O grau de destruição do veículo aponta um possível excesso de velocidade que acabou por agravar o acidente e contribuir para que ocorresse a morte do condutor.

O segundo acidente que contribuiu para elevar os números de pessoas feridas, foi o ocorrido na quinta-feira, 19 de junho, no km 135 da BR-163, em Naviraí, envolvendo um micro-ônibus que transportava 12 pessoas.

O veículo seguia em direção a cidade de Juti e quando estava subindo um aclive sofreu uma falha mecânica que o fez reduzir a marcha até a sua parada.

Como estava no topo do aclive, o micro-ônibus começou a voltar em marcha-ré. Pelas marcas de arrastamento observadas no local, nota-se que o veículo desceu por cerca de 40 metros até sair da pista cruzando o acostamento e caindo em uma depressão, quando ficou imobilizado em sentido perpendicular à pista com a traseira dentro do buraco e a frente para cima.

Observando o desenrolar dos eventos do acidente, conclui-se que seu principal fator foi uma falha mecânica que provocou o desligamento do veículo juntamente com defeito no sistema de freios e travamento do volante. O veículo estava com o seu licenciamento em atraso.

Infrações

Foram observadas 109 infrações de ultrapassagem cometidas, sendo 105 ultrapassagem em faixa dupla contínua. Os Radares registraram 2.573 flagrantes de abuso da velocidade.

As autuações pelo não uso do cinto de segurança foram 51, sendo 11 por parte dos motoristas e 40 dos passageiros. Crianças sendo transportadas fora da cadeirinha, assento de elevação ou bebê conforto resultaram em 4 autuações.

A PRF realizou 2.015 testes com o bafômetro – etilômetro nas rodovias federais do MS; 25 motoristas foram flagrados em fiscalizações com o etilômetro; 1 motorista foi preso.

Comentários