Bolsonaro defende volta às aulas e ataca professores: 'tá bom pra eles ficar em casa'

Presidente destacou que sindicatos são de ‘esquerda radical’

| MSNEWS/TOP MíDIA NEWS/THIAGO DE SOUZA


Crédito: Reprodução Facebook

O presidente Jair Bolsonaro defendeu, durante live desta quinta-feira (17), o retorno das aulas na rede pública em todo o País. Ele atacou os professores, insinuado que eles são contra a volta do ensino presencial por serem preguiçosos. 

‘’Tá bom pra eles ficar em casa’’, disparou o presidente, que estava ao lado do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, segundo a Revista Fórum.

‘’É inadmissível, perdemos o ano letivo”, disse Bolsonaro, repetindo uma declaração na quarta-feira em que afirma que o Brasil é o país que teve o maior lockdown em escolas.

Segundo a fala do presidente, professores em todo o Brasil estão se desdobrando para lidar como ensino remoto. Os sindicatos, segundo Bolonaro, defendem o ‘’fica em casa’’, para ‘’trabalhar menos’’ e não pelo risco de contágio pela covid-19. 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE