Com mais duas mortes, dengue já fez 21 vítimas fatais em Mato Grosso do Sul

Durante todo o ano passado, óbitos causados pela doença totalizaram 29 em todo o Estado

| 94 FM DOURADOS / ANDRé BENTO


Doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti matou 21 pessoas neste ano em Mato Grosso do Sul (Foto: Agência Brasil)

O número de mortes causadas pela dengue em Mato Grosso do Sul neste ano chegou a 21, conforme boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (1) pela Secretaria de Estado de Saúde. Dois desses óbitos foram confirmados desde a semana passada, ambos no interior. 

 

A publicação oficial indica que 76 dos 79 municípios sul-mato-grossenses estão com alta incidência da doença, quando as notificações passam de 300 a cada grupo com 100 mil habitantes. Os outros três têm incidência média, até 300 casos para cada 100 mil moradores.

 

As notificações suspeitas de dengue somam 40.215 no Estado. Já as confirmações são 15.084.   Ao longo de 2019, até o dia 30 de dezembro, as autoridades de saúde pública computaram 82.567 casos notificados, 52.605 confirmados e 29 mortes relacionadas à doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti em território estadual.

 

Neste ano, as vítimas fatais da dengue no Estado foram um homem de 29 anos que faleceu dia 9 de janeiro, uma mulher de 24 anos dia 6 de fevereiro e o homem de 42 anos em 19 de março em Corumbá; um adolescente de 17 anos dia 10 de janeiro em Sete Quedas; um homem de 30 anos dia 12 de janeiro, uma idosa de 74 anos no dia 3 de fevereiro, um menino de 9 anos e uma mulher de 52 anos no dia 9 de fevereiro em Campo Grande; uma mulher de 67 anos dia 15 de janeiro em Cassilândia; uma idosa de 85 anos dia 22 de janeiro em Pedro Gomes; uma mulher de 52 anos dia 23 de janeiro em Nova Andradina; uma idosa de 79 anos dia 31 de janeiro em Caarapó; um idoso de 72 anos dia 3 de fevereiro em São Gabriel do Oeste; uma mulher de 28 anos dia 15 de fevereiro em Bodoquena; um homem de 18 anos em 22 de fevereiro e uma mulher de 21 anos dia 11 de março em Chapadão do Sul; uma mulher de 41 anos dia 3 de março em Mundo Novo; um homem de 61 anos em 31 de janeiro em Dourados; uma idosa de 92 anos em 2 de março em Aquidauana; um homem de 67 anos no dia 19 de março em Sidrolândia; e uma idosa de 75 anos no dia 23 de março em Paranaíba. 

 

 

 

 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE