Paciente com covid pode ter morrido por falta de leito em MS

Órgão recebeu denúncia relativa à falta de vaga em pedido de transferência para Dourados

| ALINE DOS SANTOS / CAMPO GRANDE NEWS


Ministério Público recebeu denúncia de morte por falta de leito. (Foto: Marina Pacheco/Arquivo)

O MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) recebeu denúncia de morte de paciente com covid-19 por falta de leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

 De acordo com o PGJ (Procurador-Geral de Justiça), Alexandre Magno Benites de Lacerda, um município solicitou vaga a Dourados, sede de macrorregião para 33 cidades.  Mas a pessoa morreu sem conseguir o leito. A denúncia será apurada pelo Ministério Público.

O secretário de Saúde de Dourados, Frederico de Oliveira Weissinger, afirmou que não teve conhecimento desse caso e vai verificar. De acordo com ele, houve morador de Dourados que estava aguardando leito, a vaga foi liberada, mas morreu antes do transporte.

A reportagem solicitou posicionamento da SES (Secretaria Estadual de Saúde), mas não obteve retorno até a publicação da matéria.  Mato Grosso do Sul registra 145.048 casos confirmados do novo coronavírus e 2.587 óbitos.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE