Em prêmio, Beyoncé pede que os americanos votem contra o racismo na eleição

Eleição nos Estados Unidos está prevista para esse ano e decidirá se Donald Trump permanecerá no cargo

| METRóPOLES/LUCAS MARCHESINI


Foto: Divulgação

A cantora Beyoncé utilizou seu discurso ao receber o BET Awards para incentivar que as pessoas votem nas eleições presidenciais deste anos nos Estados Unidos. De acordo com ela, os americanos deveriam votar como se a vida delas dependesse disso. Isso é necessário, continuou, para desmontar um sistema desigual e racista.

O voto é facultativo no país norte-americano e a participação dos eleitores será um fator crucial para determinar quem sai vencedor do pleito neste ano. A eleição opõe o atual presidente, Donald Trump, ao ex vice-presidente nos tempos de Barack Obama, Joe Biden, e deve acontecer no início de novembro.

A cantora, inclusive, já estaria escalada para cuidar da trilha sonora de Pantera Negra 2

Celebridades do Brasil e do mundo se uniram aos protestos, pela internet ou presencialmente, em homenagem ao ex-segurança George Floyd

Com o objetivo de ajudar a organização Direct Relief, a iniciativa foi idealizada pela stylist Elizabeth Stewart e segue até 27 de maio

Ela dedicou o prêmio a todos “os meus  irmãos e minhas irmãs que me inspiram marchando e lutando por mudanças. As suas vozes estão sendo escutadas e vocês estão provando aos nossos ancestrais que os sofrimentos deles não foi em vão”.

.@Beyonce's acceptance speech for her 'BET Humanitarian Award' #BETAwards pic.twitter.com/FqNHBBWKQk

— Beyoncé Charts (@yoncechart) June 29, 2020

Pôster de HomecomingNetflix/Divulgação

A diva deve assinar contrato com a DisneyReprodução/Instagram/@maxiorjoias

Veja 10 marcas e estilistas brasileiros que conquistaram BeyoncéReprodução/Instagram/@marthamedeirosreal

Reprodução/Shop Beyoncé

BeyoncéDivulgação



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE