Três adolescentes fogem de abrigo e estão desaparecidas há 6 dias

Meninas com idades entre 16 e 17 anos estavam no abrigo público em Nova Alvorada do Sul, de onde fugiram no dia 26

| HELIO DE FREITAS, DE DOURADOS / CAMPO GRANDE NEWS


As três adolescentes que estão desaparecidas há quase uma semana em Nova Alvorada do Sul (Foto: Divulgação)

Três adolescentes, com idades entre 16 e 17 anos, estão desaparecidas há quase uma semana em Nova Alvorada do Sul, a 120 km de Campo Grande. Elas estavam em um abrigo público mantido pelo município e teriam fugido do local na sexta-feira (26).

A Polícia Civil investiga o caso. O delegado da cidade, Rômulo Teixeira Marcelo, informou que buscas estão sendo feitas, mas até o momento não há pistas sobre o paradeiro das adolescentes.

Uma das desaparecidas tem esquizofrenia, segundo relatou a irmã dela que mora em Campo Grande. Ela disse que a mãe, que mora em Nova Alvorada do Sul, registrou o desaparecimento em Nova Alvorada do Sul e na Capital, mas até agora a família não sabe do paradeiro da menina.

“Estamos em desespero porque ela toma remédio controlado e fugiu do abrigo sem levar nada', afirmou a irmã de uma das adolescentes. Outro irmão da menina disse que é a terceira vez que ela foge, mas das outras vezes foi encontrada em seguida.

A Casa Lar e Família de Nova Alvorada do Sul é um serviço de acolhimento institucional que recebe crianças e adolescentes, por alguma razão, afastados do convívio familiar. A unidade funciona como centro residencial temporário para pessoas que sofreram abandono, ameaça ou se encontram em situação de rua. Lá essas pessoas podem receber acolhimento e proteção até conseguirem retornar para suas famílias, ser encaminhada para um novo lar ou conseguir alcançar sua própria autonomia.

Qualquer informação sobre o paradeiro das meninas pode ser compartilhada com o Conselho Tutelar através dos telefones (67) 99981-3442 e 99829 6380.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE